Top

Argentina é o segundo país com o índice mais baixo de analfabetismo da América Latína

Medicina na Argentina / NOTÍCIAS  / Argentina é o segundo país com o índice mais baixo de analfabetismo da América Latína
Argentina é o segundo país com o índice mais baixo de analfabetismo

Argentina é o segundo país com o índice mais baixo de analfabetismo da América Latína

Já sabemos que Argentina oferece ensino de qualidade em suas universidades, mas o que muitas pessoas não sabem é que a Argentina é o segundo país com o índice mais baixo de analfabetismo da América Latína.

Programas nacionais de alfabetização para jovens e adultos são executados pelo Ministério de Educación de la República Argentina em todo o país.

O último censo realizado em 2010, mostra que Argentina descendeu a 1,9% a taxa de analfabetismo, segundo o então ministro da educação Alberto Sileoni, esse número é resultado da forte inversão que vem realizando o país na educação.

Em 2001, em Argentina el 4,6 % da população era analfabeta, o equivalente a 700 mil pessoas.O goveno conta com a ajuda de diversas instituições,ONGs, igrejas e sindicatos na tentativa radicar o anafalbetismo do país. O objetivo era radicar o anafalbetismo até 2010, infelizmente não se chegou a esse objetivo, mas esta perto.

Em breve o anafalbetismo na Argentina será radicado!

Através do Plano de Financição de Estudos Primários e Secundários (FinEs), direcionado a jóvens e aduldos que não puderam terminar sua escolaridade, o governo argentino avança em rumo a um país sem analfabetos.  Atrvés da campanhã:“Argentina Trabaja, enseña y aprende”  em 2013 finalizaram o ensino médio mais de 120 mil pessoas.

Fonte: Diário Registrado, Argentina Municipal

 

E-book Medicina na Argentina

Se você gostou desse post, se te ajudou, deixe seu comentário aqui!

Queremos saber o que você achou do post! :)

<p>Diretora e consultora de intercâmbio na empresa Flez Intercâmbio Educacional com Argentina. Professora e Licenciada em Teologia, especializada em adaptação transcultural. Já ajudou a muitos jovens brasileiros a realizar o sonho de estudar medicina na Argentina.</p>

2 Comentários
  • Milene Diniz
    20 de Maio de 2015 em 17:48

    Excelente conteúdo, muito esclarecedor, simples, de fácil compreensão, sucinto, objetivo, contém às informações necessárias para quem está fazendo pesquisa sobre o tema.
    obrigada

Publicar um comentário

Desenvolvido por: